Notícias

#DEBATEFA7: Além dos fotossensores, Heitor critica atual gestão de Fortaleza

0
Férrer manteve seu discurso firme (Foto: Eduardo Maranhão)

Férrer manteve seu discurso firme (Foto: Eduardo Maranhão)

O candidato Heitor Férrer (PSB) chegou às 19 horas, bem depois de sua assessoria e seus partidários. Dirigiu-se à sala da recepção, onde foi cumprimentado por um dos professores do curso de Direito e permaneceu por 5 minutos. Foi a assessora Regina Paz que o chamou para conceder a entrevista.

Férrer manteve a postura firme. Parecia não se intimidar com as perguntas e sobre a melhor explicação a respeito de seu carro chefe nas propagandas eleitorais, a retirada do excesso de fotossensores. Ele criticou que não foi feito estudo de engenharia para a implantação de grande parte dos radares na cidade e que só tem servido apenas para alimentar a indústria da multa.

Enquanto respondia às perguntas, o candidato Capitão Wagner chega à sala de recepção e cumprimenta solenemente Heitor Férrer com um sorriso, aperto de mãos e a frase: “Doutor Heitor”, em tom solene, no que foi respondido com um “tudo bem, Capitão?”. Após o rápido diálogo, o candidato do PSB continuou respondendo as perguntas, com convicção do que falava, mas sem revelar muitos dados.

Durante o debate no teatro, que mais parecia uma batalha pessoal entre os candidatos João Alfredo (PSOL) e Capitão Wagner (PR), Heitor Férrer permanecia seguindo a linha de discurso convicto, porém pouco carismático com o público. Era quase um mediador na briga particular dois opositores, com perguntas que faziam os dois se atacarem ainda mais. Em alguns momentos, pareceu até meio disperso.

Quando as perguntas eram direcionadas a Heitor, ele mantinha seu discurso firme, apontando dados na área de saúde, segurança, meio ambiente, sempre ressaltando o grande gasto e a pouca eficiência do que era feito. Uma de suas falas mais recorrentes foi sobre segurança pública que acredita ser possível, por meio da melhoria da política da segurança e também em saúde, iluminação, pavimentação e outras políticas públicas para Fortaleza.

Adailson Nogueira
5º semestre

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *