Notícias

ARTE NO CIRCO: Atividade em movimento com vivência de prática em picadeiro

Categoria:

Reportagens

0

Aprendizagem cênica, desenvolvimento de técnicas teatrais e corporais são passados para jovens da Rede Cuca em oficina circense

Com atividades sociais de maneira lúdica, a Rede Cuca traz melhorias para a vida dos jovens que participam da Oficina Prática de Circo. Há dois meses eles ocupam os espaços do Cuca Barra para a realização do curso. A procura pela oficina superou as expectativas. De início, as atividades estavam previstas para uma hora de duração. Com número de alunos maior do que o esperado, a duração foi prolongada para duas horas.

Aulas práticas de circo também mostram aos jovens da Rede Cuca como agir diante da sociedade em que vivem (Foto: João Paulo Araújo)

O encontro acontece às terças-feiras, de 15 às 17 horas, em espaço rotativo, pois não há espaço definido para as aulas. Os elementos oferecidos pela oficina abordam a linguagem prática e teórica circense e o planejamento das atividades. As atividades fazem com que os jovens tenham melhor acessibilidade para aprender o que é proposto pelo professor. O intuito é direcionar os que frequentam o curso para outras atividades, para que possam ter domínio de novas técnicas.

O orientador Juscelino Ferreira, 33, explica a dinâmica oferecida para os jovens. “Faz pouco tempo que estou no Cuca. Neste período resolvemos buscar estratégias e novas ideias para que os jovens ocupassem os espaços abertos da Rede. A atividade sendo visível gera atração e interesse na oficina, e qualquer pessoa pode participar”, enfatiza.

Durante os dois meses de curso, os alunos já mostram desenvoltura nas habilidades circenses. As aulas práticas ajudam a melhorar o condicionamento físico e mental dos jovens. O rendimento escolar, familiar e social teve grande avanço durante o período da oficina, que não só ensina práticas circenses, mas também mostra como agir diante da sociedade em que vivem, sendo pessoas melhores, trabalhando em prol de um futuro melhor que, juntos, irão mais longe aos sonhos que desejam.

A oficina aborda a linguagem prática e teórica circense em espaço rotativo (Foto: João Paulo Araújo)

Muitos dos que frequentam já pensam no futuro trabalhando em companhias de circo. O aluno Pedro Matheus, 17, é um exemplo. Ele explica como surgiu o interesse na oficina. “Frequento o Cuca quase que diariamente. Sentia interesse em fotografia, e, nesses últimos meses, vi uma oportunidade que surgiu. Essa oficina de circo me trouxe uma melhor forma de aprender. Poder ter essa experiência, abriu meus horizontes para a prática de circo”, relata.

O curso não tem data para terminar, e um dos objetivos é atrair mais pessoas para participarem da oficina, e que no final possam realizar um espetáculo direcionando o que foi aprendido durante as aulas. De início, o local esperado para a realização das apresentações é a própria Rede Cuca.

Confira a programação completa do mês de Novembro logo abaixo:

Texto e fotos: João Paulo Araújo (3º semestre – Jornalismo/UNI7)

Tags: , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *