Notícias

JOVENS ESCRITORES: A literatura em meio a produção de livros, blogs e smartphones

Categoria:

Reportagens

0

Em uma realidade onde a tecnologia predomina grande parte da vida dos jovens, a leitura continua sendo o ponto de fuga para muitos que querem viver novas realidades

A literatura continua envolvendo a todos e abrindo um caminho para novos escritores. A idade de muitos dos escritores é o que vem chamando atenção. Afinal, como é lançar um livro ou ter milhares de leitores online antes mesmo dos 20 anos?

Ítalo Oliveira, estudante de Letras, na Universidade Federal do Ceará (UFC), desde cedo teve constante contato com a literatura e foi ganho por ela dos 12 para 13 anos, e aos 17 lançou seu primeiro livro, uma analogia intitulada ‘Retratos de Abismos e outros voos’.

O processo de escrita, revela Ítalo, costuma ser aleatório e seletivo e que as ideias surgem de momentos inesperados. “Normalmente, surgem em meio ao fluxo da minha rotina, em um ônibus ou qualquer outra situação rotineira”, garante.

Segundo ele, o período mais longo do processo foi à busca dos escritores participantes já que todos deveriam ter seus textos escritos. “Após encontrado, apenas decidimos aspectos gráficos da obra e dividimos os custos”.

Isso ocorreu enquanto ainda cursava o terceiro ano do ensino médio “tive contato com alguns escritores participantes ativamente da cena literária cearense, Renato Pessoa e Diego Nogueira, que estavam em processo de idealização de uma antologia com escritores cearenses, intitulada Retratos de abismos e outros voos”. O lançamento do livro aconteceu no auditório do Centro Cultural Dragão do Mar, em 2014.

Aos 20 anos, Ítalo fala que pretende escrever outras obras em um período de tempo mais prolongado. “Optei por acalmar um tanto a escrita e desenvolver meus projetos musicais, contudo, ainda mantendo-a próxima. Tenho um hábito de leitura indissociável da pessoa que tenho costumado ser e da que tenho construído. Assim, a escrita me é um desencargo enquanto indivíduo e leitor”.

Yasmim Alberto criadora do blog Depois de Sonhar

Em Nova Iguaçu, no Rio de janeiro, Yasmim Alberto, que está cursando o terceiro ano médio, sempre gostou de explorar sua imaginação e assim começou a escrever. “Coloquei parte dos sonhos que não podia realizar, nos livros que escrevi. Quando escrevo algo, é como se estivesse vivendo aquilo. Mesmo que seja apenas na minha imaginação”.

A garota diz que começou escrevendo fanfics aos 13 anos para seu blog o Fanfics da Yas, e mesmo passado por alguns bloqueios criativos, encontrou nos comentários de seus leitores motivos para continuar escrevendo.

“Qualquer ideia que tinha, anotava. Fiz uma espécie de planejamento de tudo o que iria acontecer nos próximos capítulos”, e obteve ótimos resultados e um cuidado todo especial. Atualmente, aos 17 anos, ela continua escrevendo para um novo blog intitulado Depois de Sonhar.

Com o sonho de lançar um livro futuramente, diz que não vê a hora de ter algo que tenha escrito em mãos, e que enquanto o físico não sai, continuará a se dedicar ao blog. “Já tenho um livro pronto, mas ainda não tive coragem de postar. Quero deixar para mostrá-lo em um momento melhor. Mas, antes de tudo, pretendo continuar escrevendo para meu blog”.

Esses exemplos mostram que lançar sua própria história não é uma coisa impossível.  Independente de ser impresso ou digital, ler tem sua importância e proporciona a possibilidade de viajar sem sair do lugar!

Texto: Willianna Barboza (5º semestre – Jornalismo)

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *