Notícias

MOBILIZAÇÃO: Moradores do Conjunto Palmeiras realizam ações comunitárias

Categoria:

Reportagens

0

Composto por 36 conselhos divididos por quarteirões atuam na infraestrutura urbana, na área social e artística do bairro por meio de um esquema colaborativo

Moradores do Conjunto Palmeiras, na Regional V de Fortaleza, criaram por meio de mobilizações sociais que lutam por direitos básicos dos moradores os “Conselhos de Quarteirão”. A ação busca contrapor a realidade apontada pela última pesquisa de “Desenvolvimento humano, por bairro, em Fortaleza”, realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), em 2014. Os indicadores mostram que o bairro possui o menor o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da capital.

Placa informativa colocada ao longo dos canteiros que são cuidados pelos moradores (Foto: Divulgação)

Atualmente, são mais de 36 grupos divididos por quarteirões. O primeiro conselho surgiu no dia 3 de janeiro e contou com a participação de dez moradores do bairro. A intenção era a retirada do lixo acumulado e a reforma do canteiro da Av. Val Paraíso principal via do bairro.

Além da limpeza, os moradores arborizaram e ornamentaram a avenida com peças artesanais, feitas com material reciclado, criadas no Galpão de Arte e Reciclagem dos Conselhos de Quarteirão. Com a expansão dos conselhos e a adesão por parte dos demais moradores, as ações de limpeza, reforma e ornamentações seguiram para as ruas do bairro de forma colaborativa e comunitária. Os moradores realizam reuniões periódicas para estabelecer os passos do movimento.

Moradores durante reunião de um dos Conselhos de Quarteirão (Foto: Divulgação)

Ênio Marques,33, morador do bairro e líder comunitário, ressalta que a ação dos Conselhos nas ruas com os mutirões de coleta de lixo foi apoiada por instituições do bairro, pela prefeitura e também por empresas privadas. “A gente tem uma caçamba comunitária que o Banco Palmas paga muita das vezes e a prefeitura dá um apoio e a Ecofor Ambiental também porque são cinco caçambadas que saem de uma rua”.

A moradora do Conjunto Palmeiras Léia Araújo, 20, vê os conselhos de quarteirão como uma ação inovadora que conseguiu unir a força dos moradores em prol do bairro. “O Conselho do Quarteirão foi o melhor projeto já criado, porque ele não só trouxe inovação, como envolveu os moradores em seus momentos. Fez com que os moradores se unissem e criassem um laço para cuidar e zelar”, concluiu.

Integrantes dos Conselhos de Quarteirão em protesto na Câmara Municipal de Fortaleza (Foto: Divulgação)

Os conselhos também são responsáveis por levar as reinvindicações dos moradores à Prefeitura Municipal de Fortaleza. Uma das lutas encabeçadas pelo movimento foi a aprovação do Projeto de Lei (PL) n° 0369/2017 assinada no último dia 24 de outubro. O PL autoriza o poder executivo municipal a outorgar o direito real de uso e concessão de uso especial para fins de moradia a imóveis construídos em terrenos públicos.

Serviço:
Instituto Banco Palmas
Av. Val Paraíso, 620 – Conj. Palmeiras, Fortaleza – CE
Tel. (85)3459-4848
E-mail: bancopalmas@bancopalmas.org.br
Atendimento de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 17h30

Prefeitura de Fortaleza
Rua São José, 01 – Centro, Fortaleza – CE
Tel. (85) 0800 285 0880
Atendimento de segunda à sexta-feira, das 8 h às 17 horas

Ecofor Ambiental
Avenida Rogaciano Leite, 841 – Jardim das Oliveiras, Fortaleza – CE
Tel. (85)3474.5800
Atendimento de segunda à sexta-feira, das 8 horas às 17 horas

Texto: Eli Naftali – (3º semestre – Jornalismo/UNI7)

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *